11 julho 2014

Resenha de Minha Vez de Brilhar

Olá Pessoal!!!

A resenha de hoje é do livro Minha Vez de Brilhar, do selo Irado, da Editora Novo Conceito.

A história nos apresenta as irmãs Indie e Bibi, irmãs que sempre foram unidas, brincavam juntas, viam as estrelas, gostavam de contar peixes e fazer caretas em formato deles. Mas, como sempre acontece, ao crescerem se afastaram, e Bibi se tornou mais séria, um tanto egoísta e sem nenhum humor. Indie, uma menina linda, que tem como animal de estimação uma lagosta, e que é motivo de vergonha para a irmã, pois ela ainda adora o mar, os peixes e tem cheiro de peixe, pois ajuda o pai sempre com a pesca.

Ao ir para a escola, Indie percebe que a sua lagosta dourada, Monty Cola, está dentro na mochila. E por puro acidente! E quando Bibi vê isso começa a falar com a irmã para sumir com o animal. Mas, não tem como Indie sair no meio da aula para levar Monty para casa. Então, no intervalo, Indie tenta molhar a lagosta para que ela aguente ficar dentro da mochila até o final da aula. No entanto, não é bem assim que as coisas acontecem. A lagosta é vista por algumas crianças, que começam a atormentar Indie, e ela, por sua vez, vai até a praia para tentar molhar Monty para que ela não morra. Mas, com toda confusão Monty se assusta, perde uma de suas presas e corre para o mar. Sim... O mundo de Indie desabou! 

E ai começa a aventura de Indie. Ela faz dois pedidos para as estrelas que forma um peixe no céu: encontrar Monty Cola e ser uma irmã melhor! Pois ela desejava muito que ela e Bibi voltassem a ser amigas como antes. Bibi começa a fazer teatro, na escola principal da pequena cidade. Indie, para ficar próxima a irmã, começa a trabalhar no teatro, ajudando Sloth no cenário. E lá ela conhece Owen, um nerd que a acaba ajudando na busca de Monty. 

A rotina de Indie se resumia a ir ao teatro de manhã, sendo obrigada a usar as roupas que Bibi ordenasse, a comportar como ela queria e ser uma pessoa totalmente diferente do que ela é. Claro, Bibi tinha vergonha das atitudes de Indie. E a noite ela fugia para a praia, na esperança de encontrar Monty! Será que ela consegue encontrar sua lagosta de estimação? Será que para ela ser uma irmã melhor Indie precisa perder a sua identidade e andar como Bibi quer? São questões que encontramos as respostas ao longos dessas páginas.

Bom, a capa do livro é linda, diagramação perfeita, páginas gracinhas! O livro é um mimo! No entanto, a leitura pra mim foi cansativa. A mensagem do livro é interessante, mas o enredo fica morno. Já tinha tido contato com outro livro de Erin, A Jornada, que, apesar de bom, é morno também. Mas, resolvi dar outra chance a autora. Porém, senti um pouco de desânimo ao ler Minha Vez de Brilhar.

Um livro infanto juvenil, de leitura fácil, personagens cativantes, principalmente Indie. Porém, poderiam ter sido melhores construídos. Dei 3 estrelas no Skoob. 

Adicionem no Skoob:

Onde comprar?

2 comentários

  1. Parece ser bem bonitinho! Adoro livros leves, com temática mais jovem.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ha que peninha! Não gosto de livros mornos, mas se a leitura é rápida acho que até vale a pena me arriscar um pouquinho!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo