25 agosto 2015

Escândalo, Tammy Luciano

Olá, Leitores!

A Editora Valentina lança mais um sucesso da autora Tammy Luciano, Escândalo! O lançamento oficial será na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, no dia 13/09!

Vejam a sinopse:

"Viva uma história de amor que -- na atual realidade das garotas famosas, candidatas à diva e que dominam o mundo da TV -- fará você perder o fôlego ao acompanhar a rotina, os dramas e a, muitas vezes, dura realidade de uma personagem parecida com alguém que conhecemos nas novelas que tanto amamos.


Belinda é a garota da capa nessa trama atual, acelerada e sem meias palavras, catapultada ao estrelato praticamente da noite para o dia. Até onde vai a maldade alheia? O dinheiro compra realmente tudo? Que mistérios envolvem a vida de uma das atrizes mais amadas do momento? O que esconde a moça de vida perfeita? Um livro com a intimidade da fama sendo escancarada. Vida real dentro de uma ficção, segredos de um mundo guardado a sete chaves, como o último capítulo da novela."

Gostaram?
Aguardando ansiosa o lançamento!

24 agosto 2015

Resenha de Eu Estive Aqui

Falar sobre algo complexo é bastante difícil. Faltam palavras. No entanto, Gayle conseguiu abordar o tema suicídio muito bem. Ela conseguiu envolver a drama e não deixar a história morta.

Cody e Meg são muito amigas. Daquelas amigas que fazem tudo junto. Inseparáveis.  Mas a amizade das duas se abala quando Meg vai para a faculdade. E Meg tirar a própria vida... 

Cody fica ressentida com a distância da amiga. Porém, isso muda quando recebe um e-mail de Meg falando do suicídio. Ela não aceita e não compreende o que está acontecendo, até tudo se confirmar. E começa a se culpar por tudo que aconteceu com Meg.

Questionamentos como "O que teria levado Meg a fazer isso?", "Por que ela havia se afastado da amiga?", "Era sua culpa?", invadem a cabeça de Cody.

Ela sente-se mal, mas a pedido dos pais de Meg, Cody vai recolher os pertences da amiga e percebe que havia um outro lado dela que não conhecia. Ao ser presenteada com o computador de Meg, Cody começa a achar pistas sobre o que poderia ter levado a amiga ao suicídio. Com a ajuda do ex-namorado de Meg, ela começa a encaixar as peças e descobrir coisas que não imaginava.

As personagens dessa história são bem fortes. Foram bem construídas. Cody a mais resistente e Meg a mais manipulável. Distintas, mas que se completavam. Deram vida ao enredo e me envolveram nas páginas desse livro. Com emoção e drama, Gayle conseguiu construir um cenário bom e uma história linda.

Adicione no Skoob:

Onde comprar?

19 agosto 2015

Resenha de Não, Pare!


Nina, uma jovem que vive viajando com a mãe. Sem moradia fixa ela já conheceu diversos países. A desculpa da sua mãe é a instabilidade do emprego, que exige que se mude constantemente para resolver problemas em outros locais. No entanto, é algo maior, pois sempre que a jovem apresenta algum risco de vida ela vai para outro local.

Ela não entende o que acontece e nem porque sua mãe é tão preocupada assim. Afinal, Nina só quer ser uma jovem normal, que vive como uma adolescente qualquer. E a sua grande dúvida, por que suas pupilas são diferentes? Nina nasceu com as pupilas mais verticais, tendo que usar lentes para corrigi-las.

Ela se muda para Nova York e, para sua surpresa, a mãe disse que não se mudariam mais. Ela começa a estudar em um colégio e a trabalhar em uma livraria. Mas Nina tem pequenas vertigens em momentos inoportunos. Tonturas, calafrios e vontade de desmaiar são sintomas que avisam a jovem que algo ruim está para acontecer. Em uma de suas crises ela conhece Kevin, um rapaz lindo que a salva de um acidente. E no mesmo dia ela conhece Richard, o novo aluno lindo, mas que faz ela ficar nos nervos. Kevin desperta nela um frio na barriga, comum de paixões recentes. Richard a faz ficar nervosa e ela nem imagina que esse sentimento pode mudar...

Sua mãe esconde um segredo e não fala nada do pai. Nina não sabe o nome e nem onde ela está. Suas vertigens começa a intrigar a jovem, pois não entende o motivo de sempre isso acontecer. Nina e sua mãe saem para assistir à peça O Fantasma da Ópera e nesse dia a vida da jovem começa a mudar. Além da morte de sua mãe, coisas estranhas começam a acontecer e Nina sente-se perdida e sem ninguém para pedir ajuda.

O que pensar quando se descobre que toda sua vida é uma mentira? Que o rapaz que você pensa gostar é realmente outra pessoa? E o que te faz raiva começa a ser gentil? O que pensar quando você descobre que a sua realidade é outra?

Nina, jovem, órfã e descobrindo coisas que nunca imaginou. E ainda, que as suas pupilas escondem um segredo maior do que uma pequena anomalia...


A escrita da autora é totalmente envolvente, a história te prende e os personagens te cativam. Acabei virando fã de Richard e querendo a continuação dessa eletrizante história para ontem! Vale a pena cada página! 

Onde comprar o livro?

Sobre a autora:

Adicione no Skoob:

18 agosto 2015

Lançamentos Arqueiro e Sextante

Olá, Leitores!

Vamos aos lançamentos do mês de agosto das editoras Arqueiro e Sextante.

O Conde Enfeitiçado, Júlia Quinn - Arqueiro

"O Conde Enfeitiçado - Em toda vida há um ponto decisivo. Um momento tão tremendo, súbito e impressionante, que a pessoa sabe que sua vida jamais será igual. Para Michael Stirling, o libertino mais infame de Londres, esse momento chegou na primeira vez que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de uma vida de perseguir mulheres, de sorrir astutamente quando elas o perseguiam, de permitir-se ser apanhado mas nunca deixar que seu coração se comprometesse, necessitou somente de um olhar em Francesca Bridgerton e se apaixonou tão rápido e definitivamente que foi um milagre que pudesse permanecer de pé.
Desgraçadamente para Michael, o sobrenome de Francesca seguiria sendo Bridgerton durante só trinta e seis horas mais, já que a ocasião dessa reunião era, infelizmente, um jantar para celebrar suas iminentes bodas com seu primo.
Mas isso foi então e agora Michael é o conde e Francesca é livre, mas ainda ela pensa nele como nada mais que seu estimado amigo e confidente. Michael não se atreve a lhe falar de seu amor até uma perigosa noite, quando ela caminhou inocentemente a seus braços e a paixão se demonstrou ser mais forte que o pior dos segredos."

A Voz do Arqueiro, Mia Sheridan - Arqueiro

"Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor. Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar. Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde. Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar."




O Manuscrito, Chris Pavone - Arqueiro

"Não existe no mundo uma única pessoa que possa comprovar tudo o que está nestas páginas. Mas há uma pessoa que pode chegar perto disso. Há outras pessoas que poderiam, se devidamente motivadas, confirmar certos fatos. Talvez este livro seja a motivação para essas testemunhas, um impulso para revelarem suas verdades, para comprovarem esta história. Mas o autor não é uma dessas possíveis testemunhas. Porque, se o que você está lendo for um livro concluído, impresso, encadernado e distribuído para o mundo, é quase certo que eu já esteja morto."



Mulheres, Carol Rosseti - Sextante

"Em 2014, a ilustradora Carol Rossetti começou a desenhar mulheres diversas para testar seus lápis de cor. Nunca poderia imaginar que suas criações despretensiosas ganhariam o mundo e iriam viralizar na internet a ponto de se tornarem matéria na CNN.
Com um traço característico e frases inspiradoras, Carol quebrou tabus e espalhou uma mensagem que ecoou em mulheres do mundo todo: somos fortes, merecedoras de respeito e especiais do jeito que somos, independentemente de opiniões e julgamentos alheios.
Agora, essa mensagem ganha o formato de livro e inclui textos sobre os temas centrais abordados em suas ilustrações, como corpo, estilo, identidade, relacionamentos e superação. 
“Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, senadoras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.
Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, islâmicas.
Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos. Existem mulheres que têm vergonha de compartilhar suas escolhas por medo de serem julgadas. E mulheres que discordam de tudo isso que eu disse até aqui.
Cada uma tem sua própria história, e acredito que todas elas merecem ser ouvidas e representadas. Minha abordagem será abrangente, convidando todos os que dividem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano."

Gostaram?
Tem mais no site:

12 agosto 2015

É tão Chocolate


Apresento à vocês o livro É tão Chocolate, do pequeno Dylan Siegel, da Editora Voo

O livro é uma ação linda de Dylan para ajudar seu amigo, Jonah, que tem umaa doença rara no fígado. A ideia foi escrever um livro para arrecadar fundos para o tratamento dele! É ou não um amor?

Para Dylan, chocolate significa muito legal. Ou seja, se você é uma pessoa muito legal você é uma pessoa muito chocolate! Eu sempre pensei que felicidade poderia ter esse sabor, afinal, chocolate é uma delícia! Mas depois de ver esse gesto lindo penso que chocolate tem gosto de amor!

Ele fez desenhos e falou de coisas que acham muito chocolate. Claro, as artes feitas por uma criança não têm tanta precisão. Mas o amor contido nessas páginas são mais que visíveis. No final ele deixa a mensagem, que todo dinheiro arrecadado com a venda deste livro é para ajudar seu amigo!

Lindo né?
Seja você também uma pessoa muito chocolate!

Mais sobre o projeto e onde comprar o livro acesse:

30 julho 2015

Primeiras Impressões – Dez coisas que aprendi sobre o amor

A Novo Conceito liberou uma pequena, bem pequena mesmo, degustação para alguns blogueiros. O livro, Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor, de Sarah Butler, será lançado em breve aqui no Brasil.  

A história nos apresenta dois personagens diferentes. Poderiam se encontrar em vários locais e não se reconheceriam. Mas poderiam se amar. O cenário? Londres!

Alice, uma jovem que retorna a Londres, pois seu pai está muito doente. Cheia de palavras a serem ditas, ela guarda todas em seu coração, pois se sente confortável em falar com sua família. Independente, cheia de viagens, em sua mente memórias sobre suas relações afetivas e tem uma lista de coisas que a fazem feliz.

Daniel, um morador de rua. Aquele que você passa e não olha e nem dá nenhum crédito. É um homem que reúne dentro de si o medo, amor e esperança. Afinal, ele tem uma filha que nunca conheceu e ainda carrega dentro de si a imensa vontade de conhece-la. Ele também tem uma lista, mas de coisas que o inquietam.

As primeiras páginas deixaram um gostinho de quero mais! E quero mais rápido! A história parece ser linda, comovente. Daquelas que devemos ler com o lenço do lado para limpar as lágrimas, de tão emocionante!

O fato dele apresentar as listas, deixa a leitura mais leve. E no e-mail que recebi da Novo Conceito, enviado pelo Ludson Aiello, ele pediu para que fizéssemos uma lista com 10 coisas que aprendemos sobre o amor. A minha está abaixo e espero ver a sua nos comentários:

1 – O amor chega para os distraídos.
2 – Amor de verdade é aceitar o outro como ele é, com defeitos e qualidades.
3 – Amor é cuidado.
4 – Amar alguém faz você sorrir mais.
5 – O amor é doação.
6 – Amor é respeito.
7 – O amor é, ainda, o sentimento mais bonito do mundo.
8 – Apesar dos momentos de sofrimento, vale a pena acreditar no amor.
9 – Amor é sacrifício.
10 – O amor é o grande milagre da vida.

Gostaram? Qual a listinha de vocês?
Em breve a resenha completa!

29 julho 2015

Resenha Para onde vai o amor?


Fabrício Carpinejar escreveu mais uma obra de extrema delicadeza e de qualidade ímpar. O livro, Para onde vai o amor?, publicado pela Bertrand Brasil, reúne textos tocantes, cheios de sentimento e que fazem o coração pulsar mais rápido.

Em doces palavras, Carpinejar mostra que o recomeçar depende somente da própria pessoa. Afinal, somos nós quem impedimos o coração de falar mais alto, certo? Fica mais difícil acreditar no amor depois de uma decepção. Fica quase impossível dizer “eu te amo” sem pensar na dor que essa frase já te causou.

No entanto, chega um momento da vida que a pessoa percebe que guardar raiva, mágoa ou rancor não é suficiente. Que isso não ocupa mais o vazio que está na alma. Que a razão muitas vezes não fala o que precisamos e o coração insiste, novamente, em falar mais alto.

"Enquanto na paixão a união ocorre pelas qualidades, no amor os defeitos é que se casam." pág. 133.


Ele mostra que, apesar da louca insistência de querermos desistir do amor, nós não iremos fazer isso. Que o ser humano não desistirá facilmente desse sentimento. Por mais decepções que tenha, a gente sempre vai sentir falta de ter alguém do nosso lado. E chega uma hora que essa vontade fica maior, ai é que o coração começa a querer falar mais alto do que a razão.

Segundo Carpinejar, quando você diz que acabou uma relação, é que está procurando um outro jeito de recomeçar. Não devemos ter vergonha das constantes reconciliações ou de lutar por quem amamos, mesmo que para isso temos que enfrentar o mundo. Há uma frase neste livro que traduz muito bem isso. “Aquilo que é nosso maior erro costuma ser o grande amor da nossa vida.”

Por mais decepções que tenhamos, por mais brigas que um casal tenha, insistir no amor é sempre a melhor saída. Isso, claro, que existe esse sentimento de ambas as partes!

"A fé cria seu próprio tempo. O tempo de amar é agora." pág.151

Sobre o autor:

Fabrício Carpinejar, 42 anos, natural de Caxias do Sul (RS) e radicado em Porto Alegre (RS), vem criando uma prosa absolutamente sincera e passional. É poeta, jornalista e professor, autor de trinta obras na literatura, entre livros de poesia, crônicas, reportagem e infantojuvenis.
Atua como apresentador da TV Gazeta, onde conduz o talk-show “A Máquina” e TVCOM, comentarista do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo, e da Rádio Gaúcha, colunista do jornal Zero Hora, O Globo e da revista IstoÉ Gente. 

Adicione no Skoob:

Onde comprar?
© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo