quinta-feira, 24 de julho de 2014

Resenha de Reconstruindo Amélia

Olá Pessoal!!!

A resenha de hoje é do livro da Editora Arqueiro, Reconstruindo Amélia, de Kimberly McCreight.

O livro conta a história de Kate Baron, mãe de Amélia, advogada de uma grande empresa e que quase não pára em casa em função do trabalho. No meio de uma reunião importante Kate recebe uma ligação da escola de Amélia, pedindo que a mesma compareça com urgência no local.

Sem saber como agir, pois é a reunião da sua carreira, Kate pede a uma colega, Daniel, para representá-la, pois Amélia precisava dela. Kate sai em disparada para a escola. No entanto, os 20 minutos para chegar a escola se transformaram em 1 hora. 

Quando Kate chega a escola é surpreendida por uma cena que jamais pensou em ver: Amélia estava morta! E, segundo fontes, teria sido por suicídio. Mas, no fundo, Kate não acredita que a própria filha tenha se matado. Afinal, ela conhecia Amélia! Ou será que não conhecia? Alguns dias após a morte da filha, Kate começa a receber mensagens anônimas falando que a Amélia não tinha se matado. Com essa informação, Kate vai até a delegacia para reabrir o caso e descobrir o que realmente aconteceu com a sua filha. Com a ajuda do tenente Lew, Kate começa a reconstruir o caso, juntando um quebra cabeças e descobre que, talvez, ela não tenha realmente conhecido a sua filha...

A narração do livro é ótima. A autora intercalou as passagens de Amélia, antes da morte, e da investigação da mãe, fazendo com que o leitor tenha curiosidade de juntar todas as peças desse caso. Não é uma narrativa sensacionalista ou cansativa, é uma narrativa que desperta curiosidade.

A criação dos personagens foi realmente ímpar. Kimberly criou Amélia, Kate e todos os envolvidos na trama com muitas maestria. Ao ler Reconstruindo Amélia, senti raiva de alguns personagens, pena de Kate e o tenente Lew de uma inteligência genial! A história começou a me prender desde o início do livro, fazendo com que a curiosidade de saber o que realmente havia acontecido com Amélia fosse maior. Me surpreendi com a Amélia, uma menina quieta, na maioria do tempo, mas cheia de segredos. Senti pena de Kate em muitas de suas descobertas. E me surpreendi com o final do livro. O menos esperado possível e muito bom!!

É o primeiro livro que leio da autora e, sim, excelente! Se eu tivesse a oportunidade de dizer a ela o quanto seu livro é ótimo, não pensaria duas vezes! É um livro que vale a pena ler! Envolvente e, como já disse, de um final surpreendente! Cinco estrelas no Skoob, mas pra mim, ele é nota 10! Se tornou um dos favoritos!

Adicione o livro no Skoob:

Onde comprar?

sábado, 19 de julho de 2014

Resenha de A Minha Turma é Fogo

Olá Pessoal!

A resenha de hoje é de mais um livro nacional, A Minha Turma é Fogo, de Arnaldo Devianna, Editora Zap Book.

No meio da aula a turma da 6ªA começa a sentir um cheiro estranho. De repente, Tião, funcionário da escola, sai avisando o fogo... A biblioteca da escola está em chamas! E o alvoroço começa... Criança correndo para todos os lados, o diretor enlouquecido pela sua coleção de gibis que estava na biblioteca e os bombeiros tentando fazer o seu trabalho.

Em meio a essa confusão toda, Léo, o nosso personagem principal, lembra que a coleguinha Isidora não estava na sala. Mas, onde ela estaria? Ele começa a ficar preocupado e sai a procura dela. Isidora, a menina mais chorona da sala, está sentada em um banco toda assustada. Léo vai conversar com ela, saber o que está acontecendo. Quando ela solta "promete não contar a ninguém?", Léo já sabia que boa coisa não ia ouvir. Isidora confessa, que sem querer, colocou fogo na biblioteca e está muito assustada. Além disso, seu pai está muito doente e não sabe como ajudá-lo. A menina pede a ajuda do colega de sala e, quando ele percebeu, já tinha dito que ia ajudá-la.

Em meio as dúvidas de como ajudar Isidora, Léo acaba indo parar na diretoria da escola, com o temido diretor. E o diretor começa a pressionar Léo a dizer quem havia colocado fogo na biblioteca e, pra piorar a situação, onde havia parado o dinheiro para investir nela (biblioteca). Em meio ao aperto, Léo tem a ideia  da escolar promover um concurso para arrecadar fundos e reconstruir a biblioteca. Mas, o diretor não faz caras de poucos amigos. Será que ele vai aceitar? Será que Léo vai conseguir ajudar Isidora e salvar a biblioteca? O que será que Léo vai aprontar?

O livro é infanto-juvenil. Traz a mensagem uma mensagem linda: de juntos podemos mais. Os personagens foram bem criados, são cativantes e aprontam todas, como toda criança. A linguagem é simples, fácil e super descontraída. O autor soube colocou em seu livro aventura, amizade, companheirismo e muita diversão. Tudo na medida certa! Dei boas risadas com Léo e sua turma. Recomendo a todos!

Adicione o livro no Skoob:

Onde comprar?

quinta-feira, 17 de julho de 2014

O Livro dos Vilões - Galera Record


Olá Pessoal!!

Como muitos já sabem, sou apaixonada pelo mundo das princesas, e logicamente os vilões estão inclusos nele! Sendo assim, fiquei maravilhada quando a Galera Record publicou falando que iria recontar as histórias dos vilões! 

O Livro dos Vilões tem a participação de quatro autores, sendo dois deles nacionais! São eles: Cecily Von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreud e Fábio Yabu.

Sinopse:

"Oi, gente, Pessoas boazinhas são tão chatas. Não há nada melhor do que um bom vilão. Sei do que estou falando. Também tenho meus momentos de maldade, vocês me conhecem bem... Por isso mesmo estou certa de que vão se divertir muito com esse livro: irmãs que amam sapatos e odeiam a meia-irmã — muito natural, é claro; uma madrasta hilária viciada num app para iPad e em experiências com venenos, huahuahua; uma bruxa que me lembrou muito dos tempos de colégio; e um lobo com crise de consciência... vai entender! Então vamos parar de enrolação! Se estiverem na praia, peçam uma bebida bem geladinha e ajeitem seus óculos escuros, porque é impossível parar de ler as novas histórias destes vilões cheios de classe e... maldade! Você sabe que me ama. Xoxo, Blair Waldorf"

O lançamento oficial será na Bienal do Livro de São Paulo!!

Adicione o livro no Skoob:

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Resenha de Minha Vez de Brilhar

Olá Pessoal!!!

A resenha de hoje é do livro Minha Vez de Brilhar, do selo Irado, da Editora Novo Conceito.

A história nos apresenta as irmãs Indie e Bibi, irmãs que sempre foram unidas, brincavam juntas, viam as estrelas, gostavam de contar peixes e fazer caretas em formato deles. Mas, como sempre acontece, ao crescerem se afastaram, e Bibi se tornou mais séria, um tanto egoísta e sem nenhum humor. Indie, uma menina linda, que tem como animal de estimação uma lagosta, e que é motivo de vergonha para a irmã, pois ela ainda adora o mar, os peixes e tem cheiro de peixe, pois ajuda o pai sempre com a pesca.

Ao ir para a escola, Indie percebe que a sua lagosta dourada, Monty Cola, está dentro na mochila. E por puro acidente! E quando Bibi vê isso começa a falar com a irmã para sumir com o animal. Mas, não tem como Indie sair no meio da aula para levar Monty para casa. Então, no intervalo, Indie tenta molhar a lagosta para que ela aguente ficar dentro da mochila até o final da aula. No entanto, não é bem assim que as coisas acontecem. A lagosta é vista por algumas crianças, que começam a atormentar Indie, e ela, por sua vez, vai até a praia para tentar molhar Monty para que ela não morra. Mas, com toda confusão Monty se assusta, perde uma de suas presas e corre para o mar. Sim... O mundo de Indie desabou! 

E ai começa a aventura de Indie. Ela faz dois pedidos para as estrelas que forma um peixe no céu: encontrar Monty Cola e ser uma irmã melhor! Pois ela desejava muito que ela e Bibi voltassem a ser amigas como antes. Bibi começa a fazer teatro, na escola principal da pequena cidade. Indie, para ficar próxima a irmã, começa a trabalhar no teatro, ajudando Sloth no cenário. E lá ela conhece Owen, um nerd que a acaba ajudando na busca de Monty. 

A rotina de Indie se resumia a ir ao teatro de manhã, sendo obrigada a usar as roupas que Bibi ordenasse, a comportar como ela queria e ser uma pessoa totalmente diferente do que ela é. Claro, Bibi tinha vergonha das atitudes de Indie. E a noite ela fugia para a praia, na esperança de encontrar Monty! Será que ela consegue encontrar sua lagosta de estimação? Será que para ela ser uma irmã melhor Indie precisa perder a sua identidade e andar como Bibi quer? São questões que encontramos as respostas ao longos dessas páginas.

Bom, a capa do livro é linda, diagramação perfeita, páginas gracinhas! O livro é um mimo! No entanto, a leitura pra mim foi cansativa. A mensagem do livro é interessante, mas o enredo fica morno. Já tinha tido contato com outro livro de Erin, A Jornada, que, apesar de bom, é morno também. Mas, resolvi dar outra chance a autora. Porém, senti um pouco de desânimo ao ler Minha Vez de Brilhar.

Um livro infanto juvenil, de leitura fácil, personagens cativantes, principalmente Indie. Porém, poderiam ter sido melhores construídos. Dei 3 estrelas no Skoob. 

Adicionem no Skoob:

Onde comprar?

terça-feira, 8 de julho de 2014

Resenha de Átina Black e o Império de Cronos

Olá Pessoal!!

A resenha de hoje é de livro nacional!!
Átina Black e o Império de Cronos é da autora Valentine Cirano, publicado pelo Laço Editorial.

O Olimpo está em apuros. Zeus perdeu o comando e que agora está a frente é Cronos, seu pai, e seu temível irmão Hades. Eles se uniram para vingar-se de Zeus, e acabaram obtendo o poder do Olimpo e também alguns deuses ficaram seus aliados. Como estabelecer a ordem? A única esperança é Átina Black, a semideusa filha de Zeus.

Átina é uma jovem comum, assim ela pensa. Mora com Morgana, sua mãe adotiva, e que protege a pequena Átina até que ela possa saber de toda verdade sobre sua história. A jovem possui dois melhores amigos, Lionel e Krista, e eles frequentam a escolas Thomas Greek.

A moça pensa que leva uma vida normal, até que descobre toda sua história. Morgana a conta que em uma noite chuvosa a sua mãe a trouxe para ela, desesperada, pois Hades e Cronos não podiam saber onde Átina estava. Afinal, ela era a esperança do Olimpo. Conta que sua mãe é uma mortal e seu pai é Zeus, o grande e supremo deus do Olimpo. Mas, que nesse momento estava escondido, pois seu pai e seu irmão haviam tirado toda sua força, e a única esperança era ela, Átina, a filha de Zeus e com os poderes do pai.

Um choque para a jovem? Sim! Pois depois das revelações de Morgana a vida de Átina começa a mudar, sendo a primeira mudança o ataque de um ciclope em seu quarto. Sendo assim, Átina não está mais segura em sua casa, pois Hades já havia descoberto onde ela estava. O único lugar que a manteria a salvo é a escola Thomas Greek, que Átina descobre que é uma escola de preparação de semideuses, e ainda, que seus amigos Lionel e Krista também são filhos de deuses do Olimpo. A partir daí a aventura da vida de Átina começa. Ela começa a se lembrar do passado (que fora apagado de sua mente para que ela tivesse segurança), e ver que é uma excelente guerreira. 

No entanto, em uma briga com Cindy, uma semideusa que faz de tudo para implicar com Átina, as manda para um castigo. Morfeu, que é o diretor da escola, as manda para o estábulo, limpar o local onde vivem os cavalos alados, sátiros e outros animais. E lá as duas conhecem Blendon, um sátiro que as guiará em seu serviço. E Pégaso, o cavalo alado que se torna amigo de Átina.

Mas, as duas semideusas não contavam com um ataque de um ser do sudmundo. E as duas terão que lutar com ele para salvarem a sua pele e a dos seres que estão ali. Átina e Cindy lutam juntas e com muita bravura, conseguindo escapar do terrível ser das trevas. Blendon as leva para a porta que daria acesso novamente a escola Thomas Greek. Porém, elas nem desconfiavam que Blendon havia errado a porta, e que estavam indo parar no submundo, nos domínios de Hades. A partir dai os três enfrentarão as mais terríveis criaturas para poderem encontrar o caminho de volta.

O que falar sobre esse livro? Pura aventura!!! Para quem é fã de mitologia grega vai adorar! Eu, particularmente, adorei!! Um livro de leitura fácil e cheio de surpresas. Os personagens foram bem elaborados e a autora mostrou muito conhecimento sobre os deuses gregos, pois falou perfeitamente sobre eles. Átina é surpreendente em vários momentos! 

Não é uma leitura demorada. Eu demorei pois intercalei o livro com as tarefas profissionais. Mas, quem sentar para ler Átina Black, com certeza terá uma grande dificuldade de parar a leitura, pois cada página dá um gosto de quero mais! Em vários momentos o meu coração ficou apertado, imaginando as cenas, principalmente de combates, e me colocando no lugar da jovem Átina. Senti raiva de alguns personagens, como Cindy, e em alguns momentos, de Blendon. Mas esses mesmos personagens me surpreenderam depois. 

É um livro excelente, diferente dos livros que estão sendo lançados. Para quem quer fugir dos romances e ficções, Átina Black é uma ótima pedida, pois traz aventura e emoção do início ao fim! Parabéns a autora pelo livro, muito bem escrito!

Adicione o livro no skoob:

Onde comprar?

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Resenha de Roleta Russa

Olá Pessoal!

Resenha de hoje é do livro Roleta Russa, de Jason Matthews, Editora Arqueiro.

Para quem gosta de história, política e espionagem, vai adorar o livro. Roleta Russa conta a eterna Guerra Fria entre duas grandes potências: EUA e Rússia. Mostra que, apesar de tantos anos, essa guerra ainda continua, mais silenciosa do que o normal e cheia de estratégias.

Dominika Egorova e Nathaniel Nash são os protagonistas. Eles participam de um labirinto de ações e reações, várias peças de um quebra-cabeça de espionagem, com manipulações de tirar o fôlego! Eles se envolvem, o que já é esperado, mas não proporcionam um romance clichê! Até porque o cenário não é nada romântico.

Com uma narrativa que prende o leitor do início ao fim, o autor soube conduzir toda a trama de forma única e envolvente! Deixando um gostinho de quero mais! 

A construção dos personagens também é exemplar! Ele escreveu de forma sublime cada um, fazendo com que o leitor ame e odeie cada personagem, torça e teme por cada um deles. Dando um carisma único para cada um deles. E ainda, envolvendo o leitor com a história, o que é o melhor!

Para quem gosta desse tipo de leitura, é mais do que recomendado! Uma leitura que te prenderá e fará você querer, ansiosamente, a continuação!

Onde comprar?

Adicione o livro no Skoob:

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Lançamentos Arqueiro e Sextante - Junho

Olá Pessoal!!

Mais um post com atraso, devido a formatação do meu not. Sendo assim, hoje trago para vocês os lançamentos da Arqueiro e Sextante.

Estranha Perfeição, de Abbi Glines

"Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines. "

Reconstruindo Amélia, de Kimberly McCreight

"Kate Baron, uma bem-sucedida advo­gada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora?
Suas convicções sobre a tragédia e a pró­pria filha estão prestes a mudar quan­do, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.;"

Antes da Forca, de Joe Abercromble

"Nesta ardilosa sequência de O poder da espada, o futuro da União está em três frentes de batalha – e nenhuma delas parece nem perto da vitória.  Sand dan Glokta se tornou o todo-poderoso de Dagoska e tem de impedir que ela seja tomada pelos inimigos – tarefa difícil em uma cidade com muralhas decadentes e escassez de soldados. Além disso, o ex-torturador também precisa desvendar uma conspiração no conselho governante e salvar a própria pele.  Enquanto isso, nas terras congeladas de Angland, o coronel West tem pela frente uma complicada missão: proteger o príncipe herdeiro no campo de batalha e evitar que a inexperiência e a arrogância dele levem todos para a morte. Ao mesmo tempo, Bayaz, o Primeiro dos Magos, lidera uma expedição que cruzará o continente até a borda do Mundo. Passando por terras amaldiçoadas e esquecidas no passado, ele precisa encontrar a Semente – uma relíquia do Tempo Antigo que poderia pôr um fim à guerra, ao exército de comedores que se multiplica no Sul e aos bandos de shankas que atacam no Norte.  Nesta trama inteligente e de personagens complexos, antigos segredos são revelados, batalhas sangrentas são travadas, inimigos mortais são perdoados – mas não antes de estarem na forca."

O Monte Cinco, Paulo Coelho, Sextante

"No dia 12 do mês de agosto de 1979, eu fui dormir com uma única certeza: aos 30 anos de idade, eu estava conseguindo chegar ao topo de minha carreira como executivo. Quando acordei, recebi um telefonema do presidente da empresa: acabava de ser despedido, sem maiores explicações. O inevitável aconteceu, justamente no momento em que eu me sentia mais seguro e confiante. Penso que não estou só nesta experiência; o inevitável já tocou a vida de todo ser humano na face da Terra. Alguns se recuperaram, outros cederam ? mas todos nós já experimentamos o roçar de asas da tragédia. Por quê? Para responder a esta pergunta, deixei que Elias me conduzisse pelos dias e noites de Akbar."

Gostaram??
Em breve resenha de Reconstruindo Amélia!