21 maio 2015

Resenha de Freud, Me Segura Nessa!


Freud Me Segura Nessa! é a continuação do Freud, Me Tira Dessa!, da autora Laura Conrado. E sim, excelente!

Catarina está mais velha, com novas oportunidades e desafios. Ela agora está em fora do Brasil, em Nova York, e precisa aprender a se virar. Longe dos pais, amigos e algum conhecido fica sempre mais difícil. Mas a nossa protagonista se sai muito bem!

Ela está com um novo emprego, na área que gosta e se dedica muito para obter sempre excelentes resultados. Catarina mostra que para conseguir alcançar seus objetivos profissionais é necessários traçar metas e se dedicar.

No amor ela ainda está um pouco confusa. Afinal, os traumas do passado ainda interferem, e muito, em suas relações afetivas. Ela acaba namorando Nick, um cara lindo que conhece no primeiro dia em que chega a nova cidade. No entanto, não dá certo, e mais uma vez a decepção toma conta do seu coração. Como resolver isso?

"Depois de alguns tombos, nos tornamos mais fortes." pág.186

Cat recorre ao pai da psicanálise para sentir-se mais segura de si e resolver seus problemas internos. Além do amor, a vida adulta exige abandonar velhos hábitos para que as coisas andem, caminhem para melhor. E com muitas dúvidas em sua cabeça, ela resolve, mais uma vez, fazer terapia. O que a ajudou muito.

Laura escreveu de forma leve e divertida o que acontece com todos nós. Afinal, quem nunca se decepcionou com alguém? Seja namorado, amigos, família ou emprego? Quantas dúvidas surgem em nossa mente no dia a dia que temos dificuldades de saber a resposta? Isso é constante! 

O livro, além de proporcionar boas risadas, te faz refletir sobre temas corriqueiros. Que vivências passadas refletem no seu futuro, de forma positiva ou negativa. É uma leitura leve, mas com grandes ensinamentos! 

"...a gente só suporta as coisas quando vê sentido nelas." pág. 249

Adicione no Skoob:

Onde comprar?

20 maio 2015

[Filme] Divã a 2

Terça é dia de cinema, né? Afinal a rede Cinemax fica com preço mais em conta e, também, é uma forma de sair um pouco da rotina estressante do trabalho.

Ontem fui ver o filme nacional Divã a 2, uma comédia romântica muito boa!

Eduarda, uma mulher centrada, responsável, ortopedista, casada há 10 anos e com um filho lindo! Marcos, seu marido, um produtor de eventos e que pensa que a vida é uma festa. O desgaste do relacionamento chega na vida do casal, falta de diálogo, encontros, atenção, carinho, sexo e amor!

Sendo assim, eles resolvem fazer terapia, cada um com um profissional diferente. Resolvem se separar e em meio a distância começam a fazer descobertas interessantes que antes não conseguiam ver.

Ri muito com as confusões desse casal, mas, principalmente, como isso é mais comum no dia a dia de muitas pessoas. Vi muitos momentos que vivi retratados ali e consegui rir disso. É um filme leve e que te faz pensar. E o melhor: RIR! 

Se você ainda não viu, veja. Tire um tempinho e vá ao cinema! 

Trailer:


13 maio 2015

Organizando livros

Então, o seu quarto tem mais livros do que espaço? 
O seu guarda roupas já está sendo usado como estante? E o pior, não cabe mais também!

Estamos no mesmo time!
A minha solução (pequena) é que no meu armário tem espaço para colocar livros, mas também está lotada. Sendo assim, o jeito é organizá-los para que fiquem bonitos e que caiba mais!

Para quem tem espaço, as letras decorativas são ótimas para deixar o ambiente mais charmoso.


Para quem quer organizar seus exemplares, mas não tem dinheiro para isso, a dica é fazer você mesmo a sua estante! Caixotes de frutas, que tem nos sacolões e supermercados, podem ser reutilizados. E dependendo da criatividade, ficam lindos!


Existem também formas mais criativas de organizar os livros. E ainda dão um charme especial para as paredes do seu quarto!


Ou ainda, as estantes planejadas! Elas dão ideais para quartos pequenos, pois o espaço fica melhor de ser aproveitado.


Qual estilo você mais gostou?
Todos são lindos, né? O importante é organizar seus livros, deixar seu quarto com um ambiente mais aconchegante e um lugar perfeito para ter momentos de leitura!

11 maio 2015

Resenha de O Voo da Libélula

Em 1980 acontece uma queda de avião, na fronteira entre a França e a Suíça. E uma sobrevivente, um bebê de três meses. Porém um problema: existiam duas crianças com a mesma idade e características parecidas. Duas meninas, Lyse-Rose e Émille. Duas famílias, uma pobre e outra rica, brigam pela criança. Mas, qual é a verdadeira família? Como saber se naquela época não existia o exame de DNA?

Uma das famílias contratou um detetive para desvendar esse caso. Crédule Gran-Duc se manteve mergulhado nessa história por 18 anos, sem conseguir desvendar esse mistério. Sendo assim, ele resolve tirar sua vida, mas antes escreve um diário contando todo caso e entrega para Lylie, a possível Lyse-Rose ou Émille. Mas prestes a apertar o gatilho da arma, o detetive vê diante dos seus olhos a solução de todos aqueles anos.

O autor começa a trama de forma bem sensível, mostrando o lado apelativo da história. Duas famílias que perderam a filha, mas somente uma criança sobreviveu e para desespero dos pais. Uma situação agoniante e desesperadora, pois conviver com a incerteza é algo horrível. 

Um suspense que faz as páginas do livro virarem peças de um quebra-cabeças, sendo impossível largar a história. Um enredo que mostra o presente (no caso 1998) e é contando em 3ª pessoa. O diário do detetive é a maior parte do livro, e está escrito em 1º pessoa. O autor nos apresente Marc, irmão de Lylie, que tem acesso a esse diário e descobre coisas que nem imaginava.

Os personagens do livro são bem construídos, sendo bastante simpáticos. O enredo mostra que não estamos por dentro de tudo, pois quando você acha que já descobriu tudo, vem Michel e dá uma reviravolta na história.

Gostei do livro. Do desfecho da história. Mas, principalmente, de como me senti durante a leitura. Um livro bom, em minha opinião, deve te remeter várias emoções e O Voo da Libélula cumpriu isso perfeitamente! Com certeza, recomendadíssimo!

"Algum dia um juiz teve esse poder, de matar uma criança para outra poder viver? De ser ao mesmo tempo salvador e carrasco?"

O livro é da Editora Arqueiro e escrito pelo autor Michel Bussi.

Adicione o livro no Skoob:

Onde comprar?

08 maio 2015

Lançamentos Arqueiro, Saída de Emergência e Sextante

Olá, pessoal!

Vamos aos lançamentos do mês de maio das editoras Arqueiro, Saída de Emergência e Sextante?

Uma Curva no Tempo, Dani Atkins - Arqueiro

"Uma Curva no Tempo - A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?
A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?"

República de Ladrões, Scott Lynch - Arqueiro

"Envenenado e à beira da morte, Locke Lamora segue para o norte com seu parceiro, Jean Tannen, em busca de refúgio e de um alquimista para curá-lo. Porém, a verdade é que ninguém pode salvá-lo. Com a sorte, o dinheiro e a esperança esgotados, os Nobres Vigaristas recebem uma oferta de seus arquirrivais, os Magos-Servidores.
As eleições do conselho dos magos se aproximam e as facções precisam de alguém para fazer o trabalho sujo, manipulando votos. Se Locke aceitar, o veneno será purgado de seu corpo com o uso de magia – mas o processo será tão excruciante que ele vai desejar morrer.
Locke acaba cedendo ao saber que o partido da oposição contará com uma mulher do seu passado: Sabeta Belacoros, a única pessoa capaz de se igualar a ele nas habilidades criminosas e mandar em seu coração. Novamente em uma disputa para ver quem é o mais inteligente, Locke precisa se decidir entre enfrentar Sabeta ou cortejá-la, e a vida dos dois pode depender dessa decisão.
República de ladrões leva o leitor ao início da vida de Locke enquanto flerta com o seu fim, revelando todos os matizes de Sabeta e de seu relacionamento com o líder dos Nobres Vigaristas. Misturando momentos tensos e cômicos do passado e do presente, esta obra é, até agora, a melhor de Scott Lynch."

Outlander - O Resgate no Mar, Diana Gabaldon - Saída de Emergência

"O resgate no mar - Parte 1 - Há vinte anos Claire Randall voltou no tempo e encontrou o amor da sua vida – Jamie Fraser, um escocês do século XVIII. Mas, desde que voltara à sua própria época, ela pensava que ele tinha sido morto na Batalha de Culloden. Agora, em 1968, que seu amado pode estar vivo. A memória do guerreiro escocês não a abandona... seu corpo e sua alma chamam por ele em seus sonhos. Claire terá que fazer uma escolha: voltar para Jamie ou ficar com Brianna, a filha dos dois?
Jamie, por sua vez, está perdido. Os ingleses se recusaram a matá-lo depois de sufocarem a revolta de que ele fazia parte. Longe de sua amada e em meio a um país devastado pela guerra e pela fome, o rapaz precisa retomar sua vida.
As intrigas ficam cada vez mais perigosas e, à medida, que tempo e espaço se misturam, Claire e Jamie têm que encontrar a força e a coragem necessárias para enfrentar o desconhecido. Nesta viagem audaciosa, será que eles vão conseguir se reencontrar?"

A Mágica da Arrumação, Marie Kondo - Sextante

"A Mágica Da Arrumação - A mágica da arrumação se tornou um fenômeno mundial por apresentar uma abordagem inovadora para acabar de vez com a bagunça. Aos 30 anos, a japonesa Marie Kondo virou celebridade internacional, uma espécie de guru quando o assunto é organização. Seu método é simples, porém transformador. Em vez de basear-se em critérios vagos, como “jogue fora tudo o que você não usa há um ano”, ele é fundamentado no sentimento da pessoa por cada objeto que possui. O ponto principal da técnica é o descarte. Para decidir o que manter e o que jogar fora, você deve segurar os itens um a um e perguntar a si mesmo: “Isso me traz alegria?” Você só deve continuar com algo se a resposta for “sim”. Pode soar estranho no começo, mas, acredite, é libertador. Você vai descobrir que grande parte da bagunça em sua casa é composta por coisas dispensáveis. Prático e eficiente, este método não vai transformar apenas sua casa – ele vai mudar você. Rodeado apenas do que ama, você se tornará mais feliz e motivado a criar o estilo de vida com que sempre sonhou."

As editoras têm ainda vários lançamentos. e estão no site:

04 maio 2015

Por mais autoras solidárias


Na última quarta-feira a autora Laura Conrado esteve no Lar dos Meninos São Vicente de Paulo, uma instituição que fica no bairro Olhos d'Água, em Belo Horizonte. Eu sou jornalista da instituição que dá apoio ao local e convidei a escritora para dar uma palestra na unidade. E ela aceitou prontamente!

O Lar dos Meninos acolhe adolescentes carentes e, além do ensino escolar, oferece o profissionalizante. Os jovens tem a opção de serem do regime internato ou semi-internato. Uma instituição que dá o ensino moral e espiritual, que ensina a esses jovens a sonharem com um futuro melhor!

Laura contou a eles sobre o seu esforço de ser escritora no Brasil, de como batalha diariamente pelo seu sonho e que é feliz, mesmo com todas as dificuldades. Quando ela perguntou se alguém gostava de ler, logicamente a maioria disse não. Mas com o fluir da palestra eles se soltaram, tiraram suas dúvidas e no final todos estavam querendo ler os seus livros! Dúvidas que eles tiveram, muitas vezes bobas para uns, porém que clarearam o mundinho deles.

Estava lá na primeira fila anotando e fotografando tudo. E me emocionei ao ver todos participando! Eu tenho, em especial, um amor imenso por essa instituição. São jovens que estão sempre sorrindo, apesar das dificuldades, e te fazem sentir especial. E mais, fazem você perceber que o seu problema, às vezes, pode não ser nada perto do que eles vivem. Mas mesmo assim eles sorriem! E sorriem muito! 

Espero poder levar outras autoras para que eles tenham mais contato com o universo literário. Eles adoraram a Laura e ela também se apaixonou por eles! 

27 abril 2015

Resenha de Freud, me tira dessa!


Olá, pessoal!

A resenha de hoje é nacional! Terminei ontem de ler Freud, me tira dessa!, da querida Laura Conrado. E que livro bom!

Acredito que muitos de vocês já conheçam a Catarina, ou simplesmente Cat, nossa personagem principal. Uma jovem recém-formada, cheia de neuras na cabeça e precisa tomar importantes decisões.

Ela é do interior de Divinópolis, interior de Minas Gerais. Mas precisou mudar para BH em função do novo emprego. Uma oportunidade boa para uma nova administradora. Porém, morar sozinha tem seus prós e contras. E um dos contras é quando bate uma pequena carência.

Cat é independente, pró ativa, boa amiga, tem um bom emprego, carro e boas amigas. Mas ela sente falta de um amor. Tem traumas da sua infância que refletem em sua vida adulta. E trava sempre na hora de tomar sérias decisões. Ela começa a fazer terapia e descobre mais sobre si mesma. Mas essas descobertas podem ser dolorosas. No entanto, libertadoras!

"Ao longo da vida, vamos nos reconstruindo. É dolorido, mas é um processo bonito." pág. 196

Laura trata em seu livro sobre um tema que atinge a todos as pessoas. Afinal, quem se conhece 100%? Quem é corajoso o suficiente para assumir medos e traumas sem se deixar ficar vulnerável ou ter receio dos julgamentos alheios? Cat não é diferente... De uma forma divertida, a autora fala sobre esse assunto tão importante e, às vezes, tão ignorado por todos: o autoconhecimento.

Ler esse livro me fez pensar em vários pontos da minha vida. Sobre as minhas escolhas. Como elas refletem no me futuro. E, principalmente, como as marcas do passado me fazem ver as coisas hoje em dia. Mandei uma mensagem para a Laura parabenizando pelo belo livro e como ele me faz pensar em certas atitudes que tomei. 

Sendo sincera? É um livro de cabeceira! Todos devem ler e reler quantas vezes forem necessárias. Freud explica muito do comportamento humano e Cat pode te ajudar a querer se redescobrir!

"Sair do ninho é difícil, mas voar vale a pena demais." pág. 217

Adicione no Skoob:

Onde comprar?
© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo