10 setembro 2011

Resenha de A Guardiã da Minha Irmã

Olá Pessoal!

Terminei hoje de ler o livro A Guardiã da Minha Irmã, de Jodi Picoult e da Verus Editora. E o livro é realmente tocante.

Para quem já viu o filme Uma Prova de Amor (vejam uma parte aqui) conhece a história e sabe o quanto ela emociona. Eu já assisti ao filme, mas, não perdi a oportunidade de ler esse livro que é realmente tocante.

A autora conseguiu desenvolver um drama onde não há certo e errado. Tudo é uma questão de ponto de vista. E ninguém sai ganhando no final, muito pelo contrário. 

Sara é uma mãe que vive um dos maiores conflitos, salvar a vida de uma filha, Kate, mas para isso precisa sacrificar a vida de outra, Anna. Kate é uma menina que tem câncer e apesar de passar por inúmeros tratamentos, ela sempre tem uma recaída. Anna, foi concebida por meio de fertilização in vitro, para ser perfeitamente compatível com a irmã. Sendo assim, Anna sempre esteve com Kate em todos os momentos e as salvou em muitos também.

Porém, em um certo momento de sua vida Anna decide entrar com um pedido na justiça de emancipação médica, onde ela só doaria um órgão, sangue ou qualquer outra coisa se concordasse com isso. Olhando assim vocês pensam, mas que menina sem coração. Porém, a história não é bem assim.

O livro é contato por todos os personagens envolvidos: Anna, Jesse (irmão de Kate), Sara (mãe), Brian (pai), Campbell (advogado) e Júlia (assistente social). Com isso podemos ver a história de todos os ângulos e entender o que se passa com cada um. E o livro conta desde quando Kate desenvolveu a doença e os motivos que a levaram a tomar algumas decisões.

Eu até agora estou presa ao livro. Me lembrando de cada personagem, imaginando o drama que essa família passou. Me identifiquei muito com Anna, principalmente no final. Ela mesmo sofrendo, teve que ser adulta o suficiente para encarar certas coisas que uma menina de 13 anos não assimila muito. E muitas vezes sofre calada, sente-se invisível. Há várias mensagens no livro: o que é ter uma família, o que é se doar por um ente querido, o que é tentar sempre fazer o que é melhor para salvar um filho, mesmo em algum momento tendo que prejudicar o outro. O que é guardar a sua irmã em todos os momentos e fazer com que os poucos que ela tenha fora de um hospital seja especial...

Impossível dizer que o livro é igual ao filme porque não é. O filme é tocante, sim! Mas, o livro é extremamente envolvente e comovente! Cada personagem entra dentro de si de uma forma única.

Quem tiver a oportunidade de ler A Guardiã da Minha Irmã, leia, com certeza não irá se arrepender. Até o momento é o melhor livro que li esse ano!

Para quem quiser comprar, o livro está super em conta, R$ 29,90:

Adicionem o livro na estante do Skoob:

13 comentários

  1. Já tem um tempo que eu estou doida pra ler esse livro, mas com essa resenha eu me sinto na obrigação de lê-lo agora!! rsrsrs
    Vou tentar comprar ele semana que vem!(se minha avó deixar)
    Sua resenha foi muito completa e marcante! Parabéns, eu adorei!!

    Beijos!
    Marcielle

    ResponderExcluir
  2. O problema é que estou passando por um momento de falta de verba, mas caso não compraria o livro só pelas varias resenhas que li.

    Jesimiel |@cadernorepicado
    http://cadernorepicado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha lido inúmeras resenhas, mas a sua me fez pensar um pouco e ver que o livro é bom mesmo. Eu quero. E o que falta é verba, mas vai ser um livro que vou comprar assim que possível e ler.

    =D

    ResponderExcluir
  4. Nossa.. achei bem interessante o livro, ainda mais pelo fato de saber o que se passa pelo ponto de vista de cada personagem, deve ser muito legal :) Adorei a resenha e a dica

    Beijos

    Dani
    http://chabiscoitoseumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. eu não consegui nem assistir ao filme pq só de imaginar já comecei a sofrer. imediatamente assimilei à história da menina de Laços de Família (personagem da Carolina Dieckman) e, mesmo sabendo que nesse caso a coisa é muito pior, já senti aquela vontade de chorar. um dia talvez eu ainda tenha coragem.

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bem interessante.
    Esta na minha lista de prioridades...
    Vou procurar assistir o filme.

    Ótima resenha, Paola.
    Parabéns.

    Beijo =)

    ResponderExcluir
  7. obaaaaaaaaa!! Comprei o livro! Sua resenha me chamou e eu tive que comprá-lo... hahaha
    Você está de parabéns!!

    Beijos!
    Marcielle

    ResponderExcluir
  8. Tá todo mundo falando hiper bem desse livro, entao eu to louca pra ler!!!!
    Mas por uns meses nao vou comprar NADA, sem dinheiro total rsrsrs..

    Adorei a resenha flor, super empolgante ;)


    Beijocas
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  9. Então, eu vi esse filme muito antes de imaginar que existia o livro. Chorei horrores, de ficar com dor de cabeça depois. A história é daquelas arrebatadoras hein...

    E ganhei o livro, tenho ele aqui e qualquer dia pego pra ler. A resenha ficou ótima!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu assisti ao filme! Realmente é muito emocionante, e tenho certeza que o livro também é. Já me falaram muito bem sobre ele, preciso ler urgentemente. Tenho certeza que vou me emocionar com a estória! *-*
    Ótima resenha!
    Bjuu' (:

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu vi o filme e adorei.E como geralmente o livro é melhor que o filme, estou louca para lê-lo.
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  12. Ah eu ainda não vi o filme, mas espero poder ler o livro antes de ver assim não estraga a graça =P
    Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  13. Pelo jeito é emocionante...
    Vou procurar ver o filme, e espero poder ler o livro...
    Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir

© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo