08 agosto 2011

Entrevista com a autora Danielle Sousa


Olá Pessoal!!!

Ontem postei para vocês a resenha do livro A História de Guilherme O. e hoje trago a entrevista com a simpática autora do livro, Danielle Sousa. Confiram:

PO: Como professora de história, o que te levou a ser escritora também?

Danielle: Acho que história e literatura tem muito em comum: a escrita, por exemplo. Quando entrei na faculdade, entrei para ser historiadora: aquela pessoa que senta, pesquisa e escreve História. O que, basicamente, é o que faz um autor de literatura. Quando dou aula de história, parece que estou contando para meus alunos fábulas, narrando grandes aventuras que outras pessoas escreveram.

PO: Qual a parte mais difícil de se escrever um livro?

Danielle: Se contentar com ele. Lembro que o livro foi divertido de escrever, mas depois vieram as revisões e as um milhão de leituras e tudo se torna muito pesado.

PO:  E qual a parte mais difícil para publicá-lo?

Danielle:Publicar, hoje em dia, não é nem tão difícil. Existe um milhão de maneiras de se publicar: editoras por demanda, por exemplo. Difícil é ser contratado por uma grande editora. Outra coisa que é meio complicada é fazer um público leitor, pessoas que conheçam e curtam teu trabalho que não seja o teu pai ou tua mãe.

PO: Por que escrever sobre um dependente químico?

Danielle: Nem sei, viu? Acho que não é o autor que escolhe a história, a história é quem escolhe o autor. Evidente que se eu parar para pensar existiram motivos para, de repente, eu escrever sobre um dependente químico.

PO:  A história foi baseada em alguma história real? De onde veio toda a inspiração?

Danielle: Então, eu tive um caso parecido com o do Guilherme na minha família. Mas eu era muito pequena e não tinha noção do sofrimento que todos ao redor passavam, porque ninguém me dizia nada. Quando cresci, me contaram o porquê daquele período ter sido tão estranho. Esse fato deve ter tido sua parcela na
minha inspiração. E Johnny Cash, com certeza. Escrevi parágrafos inteiros com o Johnny reverberando nos meus ouvidos.

PO:  Tem outros projetos em mente? Quais?

Danielle: Tenho, sim, alguns projetos. Terminei recentemente um romance, mas não estou tão segura em relação a ele. Já estou me preparando para escrever outro, mas tudo na fase da elaboração mental. Também tenho minha tese na pós-graduação que vem consumindo minhas forças nas últimas semanas. Enquanto isso, escrevo uma série de contos.

PO:  Pretende escrever mais livros? Tem previsão para lançá-los?

Danielle: Previsão para lançar? No momento não. Lançamento de livro é um sofrimento. Gosto de uma frase de Cuenca. Uma vez ele disse: Lançamento de livro é um ótimo simulador de enterro. Encarar outro só depois que o trauma de Guilherme passar. Rá!

PO:  Deixe seu recado para os leitores do blog.

Danielle: Acho ótimo tanta gente jovem se interessando por literatura. Meu recado é que continuem. E, para quem estiver lendo e quer se tornar um escritor, digo: Não desista. É um ofício complicado, mas muito estimulante. No mais um beijo e até breve.

Gostaram? Obrigada a Danielle pela simpatia e por mais uma vez confiar no trabalho do Plantão!
Para saberem mais sobre o livro e como comprá-lo acessem:

8 comentários

  1. Adorei a entrevista! A Danielle é super simpática e divertida!!
    Achei super legal ela falar que é a história que escolhe o autor, as vezes penso o mesmo!! Até comentei com minha amiga sobre isso hj... rsrs

    Beijos!
    Marcielle

    ResponderExcluir
  2. Muito legal a entrevista, nao ocnhecia a obra dela, com certeza vou querer ler futuramente! XD

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a entrevista! A verdade é que eu adoro entrevistas hahaha!
    Beeijos!

    ResponderExcluir
  4. "Acho que não é o autor que escolhe a história, a história é quem escolhe o autor."
    Muuito boa a entrevista!!

    Sucesso pra Danielle!

    Beeijos
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  5. Olá, Paola!!
    Eu curti muito a entrevista e autora me pareceu ser uma pessoa super simpática e atenciosa.
    Adorei saber como foi o processo de criação do livro e um pouco mais sobre o seu trabalho.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro dela, mas a May já leu e gostou. Tenho uma certa curiosidade por causa do tema...

    E desejo muito sucesso, sempre! =D

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da entrevista! Espero que ela tenha muito sucesso e que esse livro que ela escreveu, mas não tem certeza que está bom, não desanime e vá em frente, pois com certeza a história é ótima, acho que o autor se torna um pouco crítico demais em relação ao seu trabalho!!! Sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  8. Paola, a entrevista ficou excelente. è muito legal saber a opn iao da autora e ver a historia por essa perspectiva.

    ResponderExcluir

© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo