30 novembro 2010

Promoção Fazendo Meu Filme 2 - Fani na Terra da Rainha

Mais uma promoção para vocês em parceria com Autêntica Editora!!

A primeira promoção todas as respostas foram ótimas! Agora vamos ser criativos também!!

Vamos as regras:

1) Seguir publicamente blog
2) Seguir meu twitter @paolajornalismo e @FC_FMF
3) Seguir o twitter da autora @paulapim
4) Seguir o twitter da editora Autêntica @autentica_ed
5) Responder a seguinte pergunta: "Fani irá viver momentos de muita aventura nessa nova etapa. Qual foi, até hoje, o momento mais emocionante de sua vida e por quê?"

O resultado da promoção será divulgado dia 31/12 aqui no blog!

Valerão as respostas no blog até ao 12:00 do dia 31 mesmo!!!

Pode responder mais de uma vez o post!!
Então participem!!!


20 comentários

  1. O momento mais emocionante da minha vida foi hoje, dia 30/11, quando descobri que fui sorteada para estudar numas das melhores 20 escolas do Brasil, o Colégio de Aplicação da UFRJ! Meus pais não teriam dinheiro para pagar meu ensino médio, então, fiquei feliz DEMAIS MESMO. Um sonho estudar lá, entrarei fácil na faculdade! *-*

    ResponderExcluir
  2. O momento mais emocionante da minha vida foi igual o da Fani: a oportunidade de fazer intercâmbio. Era uma coisa que eu queria desde que comecei o curso de inglês aos 9 anos, e quando completei 15, a papelada já tava toda pronta. Foi a maior emoção de todas descobrir a família que me escolheu. Conheci gente ótima, mas também fiquei com muita saudade de casa.
    Então, tenho esse ano que passei nos Estados Unidos como o segundo melhor da minha vida, porque o primeiro ainda tá por vir né? :)

    @barbarafantini

    ResponderExcluir
  3. Oi Paolaaaaaa
    Amei seu blog, ainda não tinha vindo aqui =/

    A maior emoção da minha vida foi Sem dúvida foi passar no meu primeiro vestibular.
    *_*
    Faculdade federal: lá fui eu!!
    bjs

    Ni
    Blog Faz Parte...
    espero sua visita em! =*

    ResponderExcluir
  4. Oii Paolaaa!! :)
    Faz tanto tempo que eu não passo aqui que eu estava até com saudades do seu blog!
    Ai, ultimamente está tão corrido que eu mal tenho tempo que colocar novas postagens lá no meu... Coloco rapidinho e já vou estudar
    Provas finais é um saco... :/
    MASS, depois dessa semana tudo isso vai acabar e eu vou poder passar aqui com mais calma, comentar em toodos os posts e, principalmente, participar da promoção! Hahahahh
    Vou pensar direitinho na resposta dessa promoção e depois eu passo aqui de novo
    Beijão Paolaa!

    ResponderExcluir
  5. Ei vc estava sim nos meus parceiros... so q so aparece la as atualizaçoes maius recentes!
    bjoss
    breve te mando meu livro.. ja me mandaram e eles ja estao disponiveis no site da novo seculo

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. o momento mais emocionante da minha vida foi dia 22 de Outubro...
    foi o lançamento de Fazendo meu Filme 3 e eu fui!!! esperei por esse dia quase um ano, e quando chegou eu estava SUPER ansiosa.
    eu cheguei em BH no mesmo dia do lançamento, fui almoçar no Patio e depois fui ao cinema. Aí que começaram as emoções!
    Na hora do lançamento, eu comprei meu livro e fiquei esperando a Paula Pimenta chegar. Enquanto eu esperava, fiquei conversando com o pessoal da editora que se tornaram meus amigos!
    Quando a Paula chegou, todos batemos palmas e eu fui la pra frente pra ver ela melhor... rsrs(meu coração estava disparado nesse momento). Ela começou então a dar os autografos e eu fui a 5ª da fila(Acho que ela ficou feliz em me ver lá pois abriu um sorriso enorme quando viu meu nome no livro) e eu cv com ela, ela é muiiito legal. Depois que eu recebi o autógrafo eu fui para a mesa do cantinho(perto da Paula) e começei a ler, até que uma hora a Paola me pergunta se pode fazer uma entrevista comigo mais tarde(eu surtei pq tipo, MORRO DE VERGONHA rsrs), eu disse que sim.
    Depois disso eu conversei com o Tales da editora e ele me "empurrou" pra uma entrevista pra TV... fui morrendo de vergonha(mais do que a paula no Sem Sensura)dei a entrevista, e minha avó e minha tia chegaram com meus outros 2 livros que eu tinha deixado em casa. Quando eu vi minha tia, ela estava sentada na mesa da familia da Paula, conversando com a tia da Paula. Fui comprimentá-la e ela disse pra tia da paula:
    - Aí ela ai!
    ai eu comprimentei ne.e minha tia:
    - Marcielle, vc sabia que é PARENTE DA PAULA??
    (surtando nesse momento, meu coração estava disparado e eu começei a tremer)Olhei pra tia da paula e ela falou que sim, que eu era mesmo, minha tia era casada com o tio dela...
    mas eu só ouvi até essa parte. Nao prestei atenção no nome do tio dela que era meu tio tb... e fui correndo falar com ela(tava tremendo tanto e nem conseguia falar direito de tão emocionada, mas não chorei rsrs).
    Acabei falando o nome do tio errado.. e ela nao entendeu nada. Aí eu voltei correndo la pra mesa e perguntei o nome do tio certo, mas nao consegui falar com ela depois.
    Minha avó estava na fila com meus livros, aí ela perguntou se idoso tinha que enfrentar a fila quilometrica e a mulher falou que não e passou ela na frente de todo mundo, então eu falei o acontecido pra minha avó e aproveitei pra falar o tio certo pra Paula.
    Como ela é SUPER FOFA, adorou a coincidencia e pediu pra eu tirar foto com ela!! *----*
    mas, com a minha "sorte", a bateria da maquina acabou e eu tive que esperar o Kiko pegar outra maquina.... rsrsrs
    Foi demaiis!! fiquei lá ate o final!!
    conversei com TODOS os parentes da Paula, e o tio dela até tirou uma foto....
    o irmao, a mae, o pai, os tios(as) e o namorado dela sao taao legaiss!!
    enfim, foi o dia mais PERFEITO da minha vida!! *---*
    e como se nao bastasse, pra completar minha felicidade(se tivesse como, pq ela tava MAIS DO QUE COMPLETA né) a minha amiga de Brasilia me liga perguntando como foi o lançamento!!

    É... eu fui pro lançamento esperando conhecer a fofissima Paula Pimenta e ter meus bebes autografados, e acabei descobrindo que somos parentes por acaso... rsrsrs tem como não ser perfeito??? *---*

    esse foi o momento mais emocionante da minha vida... =D

    ResponderExcluir
  8. Fani irá viver momentos de muita aventura nessa nova etapa. Qual foi, até hoje, o momento mais emocionante de sua vida e por quê?

    Vale a semana mais emocionante? Estou na oitava série (ou nono ano) e durante o ano, como eu fui tesoureira, eu tive que me desdobrar em duas para conseguir juntar a escola com a viagem de formatura. Eram cobranças, reclamações, dinheiro que faltava, como conseguir mais dinheiro ... enfim, eu me extressei pra caramba! E agora, nessa última semana nossa sala foi para um hotel fazenda. Em 7 dias eu conheci pessoas que eu convivia diariamente durante 10 anos e não conhecia.
    Foi muito bom, e agora posso dizer que todo o esforço valeu a pena e que a minha sala (que antes eu odiava) é a melhor do mundo!

    ResponderExcluir
  9. Qual?
    Quando eu consegui pegar minhas éguas na fazenda.
    Por quê?
    Porque foi um momento mágico, inesquecível, e maluco.
    As éguas na verdade não são minhas, mas eu roubei pra mim.
    Lá ninguém entende de treino positivo nem nada, é batendo mesmo pra ensinar.
    E tinham 2 éguas, cada uma com uma potrinha. Uma delas tinha 2 semanas, e nenhum caseiro tinha conseguido pegar pra olhar a pequena ainda.
    Então um dia eu saí da casa de manhã, peguei uma corda - no caso a coleira da minha cachorra - e perguntei se alguém queria ir comigo.
    Minha irmã, minha amiga e a amiga da minha irmã foram atrás. Eu só pedindo pra elas não olharem muito pras éguas e ficar atrás de mim.
    Demorou, mas eu consegui chegar perto da Sheera, uma das mães, e da potra, a Dasha.
    Elas nunca tinham chegado perto de ninguém, mas eu consegui encostar nela e fazer carinho, devagar.
    Quando peguei a corda elas assustaram, então larguei no chão. Elas viram que não era nada e continuaram comendo.
    Mas antes de eu conseguir pegá-las o bando todo foi andando até uma parte de trás de um matagal. Só que eu já tinha perdido elas assim um dia antes, então continuei atrás.
    Ninguém foi, só eu.
    Acontece que foi uma cena de filme. Depois de andar um tempo no mato fechado, a gente chegou em uma clareira LINDA. Só que começa a parecer inventado, então nem vou continuar falando dela.
    Mas elas, as éguas, já estavam 100% confiantes em mim, me deixaram chegar perto e passar a corda no pescoço da mãe.
    E eu consegui levá-las para as cocheiras.
    E foi o dia mais emocionante da minha vida. Eu só lembro que chorava, ria, e tremia. Tudo ao mesmo tempo.
    Depois de alguns minutos tem fotos de eu abraçando elas, e elas não ligavam.
    Mas é só o caseiro chegar perto pra ela levantar a orelha e ficar tensa.
    Ela morde ele.
    E em mim elas confiam, deixam tudo.
    E também porque depois daquele dia eu nunca mais vi elas. Só voltei um dia pra fazenda, e os caseiros não sabiam onde elas estavam.
    Mas foi bom, de qualquer jeito.
    Elas foram muito marcantes para mim, e acho que porque provam que mesmo tendo que fazer alguma coisa que vai contra o que todo mundo pensa, você pode estar certa, fazer o bem pra quem precisa, e mostrar pra quem não acredita em você que você pode estar certa.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Não levo jeito para promos que exigem criatividade...
    Não sou nada criativa...
    Mas vou tentar ;)

    ResponderExcluir
  13. Acho que, como todo mundo, já tive vários momentos emocionantes na vida. É bem difícil escolher apenas um.
    Lembro do meu ultimo ano escolar. A mãe de da minha melhor amiga era coordenadora da pós graduação, e sua sala ficava no 5º andar. Normalmente os alunos do ensino fundamental e médio não podiam entrar lá porque estava em reforma, estavam fazendo uma extensão de mais três andares no prédio, então vários arquitetos estavam projetando o lugar enquanto os pedreiros colocavam vários alicerces.
    Neste dia, na ultima semana da escola, os homens que trabalhavam no local foram embora mais cedo, e eu e mais duas amigas subimos escondidas para o andar em construção. Nele havia só o esqueleto do que seria as grandes salas. Não havia paredes, o vento forte se chocava contra nós. Parecia que estávamos mais perto do céu.
    Lembro que havíamos comprado uns Donuts e fomos até a lateral do prédio. Olhei para baixo e vi as pessoas pequenas, os carros passando pela rua, os alunos conversando. Sempre tive medo de altura, mas naquele dia nós três nos sentamos na beirada do prédio, com os pés balançando para fora. Nos sentíamos no topo de mundo, nos lembrando dos anos em que passamos juntas na escola, sobre as grandes aventuras que tivemos e as incertezas do futuro. Houve o pôr do sol. O mais bonito que eu já vi. O céu ficou em todas as cores de rosa ao azul escuro. Naquele momento eu soube que aquele era o fechamento de um ciclo, e que esse dia eu me lembraria para sempre.

    ResponderExcluir
  14. "Fani irá viver momentos de muita aventura nessa nova etapa. Qual foi, até hoje, o momento mais emocionante de sua vida e por quê?"

    O momento mais emocionante da minha vida,foi saber que a minha cachorrinha que tinha sido operada às pressas,resistiu a cirurgia e poderia voltar para casa em 2 dias.Foi como se ela renascesse.Família é tudo na vida,sim eu considero a minha cachorrinha como um membro muito mais muito querida da família.

    Bjs Nati

    ResponderExcluir
  15. A minha maior aventura... bem! Estudo longe de casa, e pra chegar na escola tenho que pegar trem, que aqui no Rio é realmente uma -VEN-TU-RA daquelas.
    Como faço curso de Turismo, às vezes vamos a visitas técnicas acabamos voltando tarde para casa. Quanto mais tar, mais lotados são os trens.
    Dia desses, eu e meus amigos pegamos um trem na penúltima estação (moramos perto, então temos que pegar um trem que não para na estação da escola, que é a penúltima. Então nós vamos até a última - A Central do Brasil - pra pegar o nosso querido Santa Cruz) pedindo a Deus para que esse trem em que estavamos já estivesse marcado para ser um Santa Cruz, assim nós já estariamos sentados, o que evitaria um correria desenfreada para achar lugares vagos e alguns possiveis empurrões,e o que é melhor, evitaria 1 hora e 30 em pé, imóvel num trem apertado.
    Chegamos na Central, e que sorte!! O trem parou na plataforma esperada. As portas se abriram. Algumas pessoas entraram, outras sairam. Só estavamos esperando anunciarem que seria AQUELE. Todos sorridentes, alegres e contentes até que as portas fecharam. Sem estar marcado, sem dizer NADA, o trem começoua andar, e ninguém sabia pra onde ele ia.
    Quando chegou na metade do caminho o maquinista paRou o trem e disse que A COMPOSIÇÃO ESTAVA COM DEFEITO E NÓS TERIAMOS QUE DESCER. Sem plataforma, sem trilhos, tivemos que descer e voltar para a Central...
    Sabe aqueles momentos de filmes: Uma casa toda branca, uma escada em caracol, uma luz lá encima??
    Foi meio assim...um monte de gente numa longa d=caminhada pelos trilhos. Sem contar que eu estava com o dedão do pé doendo por causa do ballet, uma amiga estava com o pé torcido, a outra com problema no joelho e o único homem conos com dor nas costas (Quase um Triller adolescente).
    Quando chegamos a plataforma novamente, o querido maquinis do trem que se via ao longe, bem longe, ligou o trem e RESOLVEU voltar para a plataforma também... Depois de todo o sofrimento, depois de tanto andar...

    É foi mais uma desventura. O momento foi tenso, mas hoje e não consigo fazer outra coisa que não rir.

    ResponderExcluir
  16. O momento mais emocionante da minha vida...
    Considerando emoção não somente como sentimento bom, mas também como um sentimento de tristeza.
    O momento em que fiquei mais emocionada foi quando meu porquinho da Índia morreu, ele se chamava "Pretinho" e era muito especial para toda a família, se comportava feito cão.
    Ele já estava aqui em casa uns quatro anos e morreu com um tumor.Fomos enterrar ele, e não me lembro de ter chorado tanto alguma outra vez.
    Este foi o momento mais emocionante da minha vida, o que os sentimentos me subiram a cabeça.

    Beijos Paola

    ResponderExcluir
  17. Tenho vários momentos, vou selecionar um e tentar colocar em palavras.

    A época de Natal me lembra uma história de quando eu era pequena.
    Desde novinha eu nunca fui de acreditar em Papai Noel.Minha mãe me contava que um dia me deu um presente e disse que foi Papai Noel que tinha trazido. Aí eu falei: -Papai Noel é meu pai!!!

    Então com 6 ou 7 anos meu pai saiu pra comprar algumas coisas, entre eles um presente de Natal para mim.
    Já naquela época eu também sabia que meu pai não era lá tão bom em escolher presente pra meninas (tipo, eu percebia as coisas cedo...).
    Então fiquei na espectativa a tarde toda pra saber o que ele ia me trazer.
    Aí ele me trouxe uma boneca!!!

    Era uma gracinha e eu adorei claro. Apesar de que eu sempre preferir carrinhos, essa boneca é especial porque meu pai a escolheu e me presenteou!!!
    Brinquei muito com ela e até hoje eu a tenho e guardo com muito carinho a lembrança desse presente de Natal.
    Eu lembro de o quanto amo meu pai e de como ele me ama!!!

    Bye

    ResponderExcluir
  18. O momento mais emocionante da minha vida foi o meu aniversário de 11 anos quando, inesperadamente, ganhei de presente dos meu pais um livro (O Diário da Princesa, Meg Cabot). Eu sempre gostei de ler, mas aquele livro foi o primeiro livro bom (segundo meu padrões) e que li fora da escola. Esse momento foi o mais emocionante da minha vida pois nesse dia conheci um outro universo, o da leitura.
    Hoje, ler para mim é uma maneira de viajar, de história em história, de mundo em mundo, e conhecer personagens marcantes, com quem eu passei a compartilhar experiências, identificar qualidades semelhantes e me emocionar, me surpreender a cada beijo, escolha e momento difícil. A Fani, foi uma dessas personagens marcantes, nunca me identifiquei tanto como me identifiquei com ela!
    Desse livro (que ganhei no meu aniversário), surgiu também o sonho: Escrever um livro e assim como nossa amada Paula Pimenta poder criar um mundo onde eu faça as escolhas, eu crie as emoções e outros jovens (adultos e idosos) compartilhem-as com a minha personagem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. O momento mais emocionante da minha vida foi um momento breve, mas que para chegar este momento eu esperei nove meses. É, o mais emocionante foi quando eu nasci.

    ResponderExcluir
  20. Data: 03/05/2001
    Local: Maracanã
    Evento: Show dos Backstreet Boys

    Eu sempre fui fã dos Backstreet Boys e quando foi anunciado o 1º show no Brasil eu paralisei!
    Eu, minha irmã e minha mãe íamos juntas.
    Um dia antes do show minha mãe teve tendinite no pé e teve que colocar gesso e não poderia andar (mas propriamente pisar no chão com gesso recém colocado) por uns dias.
    E foi aí que começou meu desespero. Como eu poderia ir ao show com minha mãe sem poder andar? Mas acabou que no dia de ir pro maracanã minha mãe resolveu ir assim mesmo!!!
    Eu tinha 13 anos e quando chegou o dia lá estávamos nós, entrando no maracanã e nos dirigindo para as arquibancadas (não ficamos no gramado =( provavelmente pq minha mãe me achava nova demais e era perigoso).
    Escolhemos nosso lugar e ficamos aguardando..entramos muitas horas antes do show e enquanto isso as pessoas passando por lá, pisavam no pé engessado da minha mãe e ela já ficando irritada com o pé doendo, mas deixou passar.
    Foi começando a anoitecer e eu me lembro que os fãs começavam a cantar em coro as músicas antes deles entrarem no palco e a emoção era tão grande!!!
    Eu ali, pronta para conhecer meus ídolos. Faltava tão pouco!!
    E foi aí que começou o show de abertura, na época era a irmã de um dos integrantes dos Backstreet Boys. O show dela foi bem legal. Mas todo mundo querendo que acabesse logo pra receber o BSB né!
    E foi quando começou a abertura do show deles...explosões no telão, imagens, explosões no palco e então eles apareceram no palco para enlouquecer as fãs! Assim que começou o show a única coisa que eu sentia eram lágrimas caindo do meu rosto.
    E asism fui eu durante o show...gritando, chorando e cantando igual uma louca!!! Minha irmã a mesma coisa...até minha mãe.
    OBS: Minha mãe não foi pra nos fazer companhia, ela foi porque sempre gostou do BSB também!!!
    Conhecer seus ídolos é um sentimento que não dá pra explicar, só quem já passou por isso sabe!
    Eu não lembro de tudo que aconteceu naquele dia, mas toda vez que assisto esse show numa fita vhs que eu tenho gravado (é isso mesmo fita vhs) eu me recordo que aquele foi um dos melhores e mais emocionantes dias da minha vida!
    E tudo que eu senti lá aquele dia, eu volto a sentir! Eu choro e me arrepio toda vez que assisto o show!!
    Após esse show eu fui tb ao show deles em 07/03/2009 e vou no próximo dia 25/02/2011.

    Conhecer os Backstreet Boys (mesmo que de longe né) foi um dos melhores momentos da minha vida!
    Aliás ir ao show de alguns de meus ídolos (Hilary Duff e Simple Plan) foram momentos que tiraram meu fôlego!
    E eu recomendo a todos que são fãs de alguém, que corram atrás de seu sonho de conhecê-los porque é recompensante!

    Esse é apenas um dos momentos mais emocionantes da minha vida mas eu acredito que os melhores ainda estão por vir! =)

    ResponderExcluir

© Plantão Online Todos os direitos reservados.
Criado por: Paola Patricio.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo